Cerca de 2 mil novos PMs prontos para atuar no estado a partir de Hoje

0
10

A população paraense recebe a partir de hoje (9), 1.951 novos soldados da Polícia Militar, que serão empregados nos batalhões de diversos municípios do estado. A formatura de conclusão do Curso de Formação de Praças (CFP) ocorre em Belém, Santarém, Marabá, Parauapebas, Castanhal, Santa Izabel do Pará, Tucuruí, Redenção, Conceição do Araguaia, Paragominas, Bragança, Capanema, Altamira, Abaetetuba, Itaituba, Soure e Breves – polos de formação dos novos policiais.

Programação – Em Belém, Santa Izabel, Castanhal, Barcarena, Capanema, Bragança e Tucuruí a solenidade de formatura ocorre nesta segunda-feira (9). Já em Parauapebas, Marabá, Breves, Soure e Conceição do Araguaia será celebrada na quinta-feira, dia 12. E na sexta-feira, dia 13, é a vez de Santarém, Altamira, Paragominas e Itaituba, comemorarem a formatura dos novos praças. Com o reforço, o efetivo da Polícia Militar atingirá 16,5 mil militares em todo o Pará.

Reforço – Somente da Região Metropolitana de Belém (RMB) serão 498 policiais que irão reforçar os batalhões da capital e demais cidades da área metropolitana como Ananindeua, Marituba e Benevides. Saindo da RMB, a regional de Castanhal será contemplada com 133 militares que, além da própria Cidade-Modelo, atenderão o município de Santa Izabel, com 88 praças.

As regiões de Santarém e Marabá, respectivamente, serão atendidas com efetivos de 130 e 133 novos PMs, enquanto que Altamira com 99 e Conceição do Araguaia com 129 praças. No Marajó, o Comando de Policiamento Regional 12, com sede no município de Breves, receberá 87 soldados PMs, enquanto que a região de Soure, no Marajó Oriental, coberta pelo CPR 11, ganhará o reforço de 49 militares. A região do Caeté contará com 104 novos praças, sendo 77 para atender Capanema e 37 para Bragança. Próximas à capital, as cidades de Barcarena e Santa Izabel terão reforçadas seus efetivos, respectivamente, com 131 e 88 policiais militares, já no sudeste paraense Paragominas ganha um efetivo de 88 militares assim como Tucuruí, com 97, enquanto que Parauapebas, com o 23º Batalhão da PM, 86. Na área do CPR 10, o 15º BPM passa a contar com 89 soldados em reforço ao trabalho da PM no oeste do Pará.

Formação – Foram nove meses de formação com mais de 1.800 horas de instruções, dentre elas abordagem policial; ética, cidadania e direitos humanos; treinamento físico militar; 1ª Intervenção em Crises; defesa pessoal; armamento, munição e tiro; além de seis disciplinas voltadas para a área do direito. A disciplina estágio supervisionado representou 200 horas/aulas do curso e serviu para a vivência profissional dos então alunos na prática da atividade policial militar.

Até 2014, o curso era voltado apenas para a formação de soldados (CFSD), mas o objetivo agora é preparar esses novos policiais para a carreira de praças, que se estende até o quadro de subtenentes. A nova proposta traz uma grade curricular mais abrangente com o acréscimo de quatro disciplinas na malha: Deontologia Policial Militar, Policiamento em área de selva, Segurança Pública e Comunicação Social e Conduta Policial Defensiva.

Por Sérgio Chêne