Sespa alerta para o Dia D da campanha de vacinação contra pólio e sarampo

0
5

Até esta quinta-feira (16), 62.509 doses de vacina contra a poliomielite foram aplicadas em crianças de todo o Pará e outras 63.682 serviram para prevenir o sarampo. O quantitativo corresponde a cerca de 11% do público-alvo para ambas as doenças.

Para a Campanha de Vacinação contra a poliomielite e sarampo, a meta de chegar a 90% pode ganhar um impulso maior se os pais e responsáveis aderirem pra valer ao Dia D de mobilização nacional da campanha, que acontece neste sábado, 18, quando centenas de Unidades Básicas de Saúde e postos volantes estarão a postos para vacinar crianças de um a menores de cinco anos, independente da situação vacinal.

Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) orienta as Secretarias Municipais de Saúde a manter o sistema de informação devidamente atualizado para ter conhecimento da real situação da cobertura vacinal no Pará.

Segundo nota técnica do Ministério da Saúde, a intensificação dessa campanha deve-se a uma redução das coberturas vacinais verificada em todo o país em função de vários motivos, como o próprio sucesso do Programa Nacional de Vacinação, que causou no país a falsa sensação de que não há mais necessidade de se vacinar; o desconhecimento individual de doenças já eliminadas; horários de funcionamento das unidades de saúde incompatíveis com as novas rotinas da população; circulação de notícias falsas na internet e WhatsApp causando dúvidas sobre a segurança e eficácia das vacinas; bem como a inadequada alimentação dos sistemas de informação.

Em termos quantitativos, só no Pará, verificou-se queda para a cobertura de Poliomielite de 101,54% em 2011 para 66,21% no ano passado. A situação também foi recorrente com a imunização contra o sarampo, que atingiu uma cobertura de 109,25% em 2011 e só atingiu 69,90% do público alvo com as doses de Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

Segundo recomendação do Ministério da Saúde, a prioridade da campanha são as crianças de um até menores de cinco anos, que são mais vulneráveis às doenças e suas complicações. Para atender a esse público, o órgão federal enviou à Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) 1,5 milhão de doses das três vacinas, sendo 41.830 mil doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), 743.200 mil doses da Vacina Oral Poliomielite (VOP) e 713.500 mil da Tríplice Viral.

As doses já foram enviadas aos 13 Centros Regionais de Saúde, que fazem a distribuição aos municípios de abrangência para que a aplicação das vacinas seja feita nas Unidades Básicas de Saúde. A orientação é que a campanha seja indiscriminada, ou seja, que se vacine todas as crianças dessa faixa etária no país e para manter coberturas homogêneas de vacinação. A logística da aplicação das vacinas na população é organizada por cada Secretaria Municipal de Saúde, que também é responsável pela execução do Dia D.

Entenda a meta alcançada no Pará e em municípios estratégicos:

Pará

População de crianças a serem vacinadas: 594.518

Doses aplicadas de vacina contra a pólio até 16/08/2018: 62.509 doses, equivalendo a 10,51% da meta, que é de 90%.

Doses aplicadas de vacina contra o sarampo até 16/08/2018: 63.682 doses, equivalendo a 10,71% da meta, que é de 90%.

*Metas alcançadas em municípios estratégicos*

– Belém

Pólio: 5,07%.

Sarampo: 5,06%

– Ananindeua

Pólio: 8,52%

Sarampo: 8,09%

– Santa Isabel do Pará

Pólio: 12,72%.

Sarampo: 13,42%

– Castanhal

Ainda sem registro no sistema

– Capanema

Pólio: 5,63%.

Sarampo: 5,68%

– São Miguel do Guamá

Pólio: 9,31%

Sarampo: 5,06%

– Barcarena

Pólio: 1,94%.

Sarampo: 1,89%

– Soure

Pólio: 17,48%.

Sarampo: 17,42%

– Breves

Pólio: 5,96%.

Sarampo: 6,55%

– Santarém

Pólio: 32,22%.

Sarampo: 35,29%

– Altamira

Pólio: 22,33%.

Sarampo: 22,91%

– Marabá

Pólio: 11,45%.

Sarampo: 9,98%

– Conceição do Araguaia

Pólio: 7,93%.

Sarampo: 8,46%

– Cametá

Pólio: 1,37%.

Sarampo: 1,37%

Fonte: Datasus, Governo do Pará