Prefeitura de Ananindeua oferece 390 vagas em concurso

0
310

No Estado do Pará, concurso Prefeitura de Ananindeua oferece mais de 390 vagas imediatas, por meio do edital 001/2018. Até R$ 1.347,94.

A Prefeitura de Ananindeua, no Pará, com o apoio da Secretaria Municipal de Administração – SEMAD, está com novo edital para provimento de cargos efetivos de níveis fundamental, médio e superior. O CETAP é o organizador responsável pelo concurso Prefeitura de Ananindeua.

Vagas

Este importante concurso da região é regido pelo edital 001/2018 e oferta 394 vagas, em sua maioria (330) para ocupações de nível fundamental. Para o nível médio estão reservadas 50 vagas e para o nível superior, 14.

Os vencimentos vão de um salário mínimo vigente a até R$ 1.347,94 e os cargos oferecidos são os seguintes:
Auxiliar Municipal – Apoio Operacional (Mensageria e Protocolo, Condução de Veículos – Motorista, Conservação e Limpeza de Vias Públicas – Gari, Manipulação e Preparação de Alimentos – Merendeira, Serviços Gerais – Servente, Vigilância e Segurança);
Técnico Municipal – Administração Básica (Secretariado);
Analista Municipal – Serviços Estratégicos (Assistência Social, Medicina Veterinária, Enfermagem e Farmácia Bioquímica).

Inscrições

As inscrições devem ser feitas pela internet, no site da organizadora (http://www.cetapnet.com.br), onde estão disponíveis o edital e seus anexos, de 29 de outubro a 17 de dezembro de 2018.
É preciso pagar taxa de R$ 55,00, R$ 70,00 ou R$ 90,00, conforme a escolaridade do cargo pretendido.

Provas

As provas objetivas de múltipla escolha de Ananindeua, por sua vez, estão previstas para o dia 20 de janeiro de 2019, com divulgação dos gabaritos preliminares na mesma data.

Essa prova será aplicada prioritariamente no próprio Município, mas poderá ser executada em outra localidade, caso haja indisponibilidade de locais suficientes ou adequados.

Validade do concurso Prefeitura de Ananindeua PA
O concurso, portanto, terá uma validade inicial de dois anos, havendo possibilidade de ser prorrogado.

Vale relembrar que a nomeação e posse no respectivo cargo obedecerão à ordem de classificação, não gerando o fato da aprovação direito à nomeação.