Pará criou mais de 1.500 postos de trabalho na agropecuária nos últimos 10 meses

0
47

Um levantamento do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socieconômicos (Dieese/PA) aponta que o Pará criou 1.515 novos postos de trabalho na agropecuário de janeiro a outubro de 2018. Os dados apontam um crescimento de quase 3% no setor.

Foram feitas neste período 23.376 admissões contra 21.861 desligamentos, no setor da Agropecuária em todo o Pará. Apesar do saldo positivo na criação de emprego, se comparado com o mesmo período de 2017, o Estado diminuiu o índice de crescimento. Em 2017 foram criados 1.855 postos de trabalho de janeiro a outubro.

Região Norte

O balanço do Dieese mostra ainda que a maioria dos estados da região norte apresentou saldo positivo na geração de empregos formais no setor da agropecuária. O maior destaque foi do Pará, seguido de Tocantins, que gerou 613 postos de trabalho; depois o Amazonas com a geração de 469 postos; e de Rondônia, que criou 174 vagas.

O destaque negativo no setor é do Estado do Acre, que perdeu 164 postos de trabalho. Em 2018, foram feitos em todo o Norte do Brasil 44.285 admissões e 41.653 desligamentos na agropecuária. O saldo positivo de 2.632 representa um crescimento de 2,64% na geração de empregos.