Junior Aires,  secretário de finanças do município de Curralinho no Marajó e filho da prefeita Alda Aires foi hostilizado e atingido por ovos, o fato ocorreu quando ele estava saindo do prédio da prefeitura no sábado (15).

Os manifestantes são servidores da educação que estão em greve na cidade, devido à aglomeração formada no local, o secretario teve quer ser escoltado pelas policias civil e militar e colocado em viatura como mostra esse vídeo gravado por um funcionário público.

Segundo informações apuradas pela equipe de reportagem do portal Marajó, os manifestos são por conta dos salários atrasados e cortes feitos nos pagamentos dos professores do município.

A prefeitura emitiu uma nota através de rede social, no texto consta o repudio referente ao ultimo ato grevista.  Uma suposta  assessoria de comunicação, menciona que   Alda Aires já havia passado pelo mesmo constrangimento durante reunião com a categoria, a nota cita além do repudio, atos de violência contra o secretário de finanças, diz que o comportamento dos servidores tira o foco da decisão liminar, memes , expressões de caráter moral tentam influencia e “inflamar” a opinião pública sobre  a decisão já definida, ressaltou que ações repugnantes e dão margem para atos mais agravantes.

Nossa equipe tentou contato com a coordenação do sindicato dos trabalhadores em educação pública do Pará, mas não tivemos.